× G&A Comunicação

blog

Parceria com influenciadores na crise do COVID-19

17/04/2020

Parceria com influenciadores na crise do COVID-19

Seja com conteúdo proprietário ou por meio de parceria com influenciadores, na crise do COVID-19 muitas marcas enxergaram nas mídias sociais uma oportunidade de continuar os seus negócios. O resultado é um aumento nas lives, postagens no Tik Tok, cursos online, stories de receitas e treinos no Instagram, além de shows ao vivo no YouTube. As empresas que já faziam conteúdos para esses canais tiveram que se reinventar, ao passo que aquelas que não atuavam nesses meios tiveram que migrar para novos ambientes.

Dados indicam que o uso de redes sociais aumentou consideravelmente durante a quarentena. Uma matéria do Estadão trouxe um levantamento da Celebryts, start-up focada em Marketing de Influência, no qual aponta que, durante o período de pandemia, os comentários nos perfis do Instagram de influenciadores registraram um aumento de 60,89%.

Em pesquisa realizada pela Youpix, sobre Marketing de Influência em tempos de pandemia de COVID-19, 68% das empresas o consideram estratégico para o seu negócio, enquanto 69% entendem que essa modalidade traz resultados diferentes de qualquer outro meio de comunicação.

capa de relatorio - parceria com influenciadores na crise

Capa da pesquisa Marketing de Influência em tempos de pandemia de COVID-19, feita pela Youpix

Parceria com influenciadores ajuda a superar a crise

Em tempos de coronavírus, o Marketing de Influência surge como um importante braço de negócios. O influenciador pode ser um grande aliado, uma vez que ele endossa a confiança e credibilidade da sua marca e é um bom interlocutor com o público.

Grandes empresas estão se posicionando diante do cenário da pandemia por meio dos influenciadores. Nesse sentido, vale destacar os exemplos de clientes da G&A, que estão trabalhando com esse público para divulgar suas iniciativas de acesso a materiais gratuitos e criação de conteúdo. Nesse post com cinco dicas práticas pare gerir as redes sociais na crise do coronavírus contamos o case da BIC, que passou a fazer lives no Instagram com influenciadoras que dão aulas de lettering e ensinam atividades para fazer com as crianças em casa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por BIC Brasil (@bicbrasiloficial) em

Dicas para escolher um influenciador

Porém, antes de começar qualquer ação, é importante escolher bem o influenciador que pode representar a sua empresa nas redes sociais. É importante que os creators escolhidos tenham fit com a marca e criem mensagens relevantes, que se destaquem em meio à avalanche de conteúdo recebida pelo usuário. É importante pensar em uma parceria a longo prazo e não usar o influenciador como um “plano B” para tempos de crise. Nesse post damos dicas de como construir uma parceria de longo prazo com influenciadores.

Separamos aqui algumas perguntas que você precisa fazer antes de planejar uma parceria com influenciadores:

  • Ele conversa com o seu público-alvo?
  • Ele tem propriedade para falar sobre o assunto?
  • Os dados das redes sociais são consistentes?
  • Ele fala a língua da marca?
  • O engajamento das publicações é bom?
  • Ele já fez parceria com possíveis concorrentes?
  • Qual objetivo você quer que ele atinja?

Os creators e influencers podem ajudar a empresa a oferecer conteúdo relevante aos usuários,  fortalecer seu propósito de marca e sair da pandemia com a reputação consolidada. Para saber mais sobre o assunto, recomendamos a leitura da matéria Marketing de Influência durante a crise.