× G&A Comunicação

blog

UX Writing: a escrita voltada à experiência do usuário

25/06/2020

UX Writing: a escrita voltada à experiência do usuário

O trabalho de UX Writing tem se tornado mais estratégico para as empresas à medida que nós interagimos com mais frequência por meio de plataformas digitais. As marcas têm buscado, cada vez mais, produzir um  conteúdo que esteja adequado aos sites, redes sociais e aplicativos; e a redação estratégica para UX tem papel fundamental nisso.

O que é UX Writing

UX Writing ou Escrita UX é a atividade de escrever se baseando na experiência do usuário, o User Experience, mais conhecido como UX. O profissional que realiza essa atividade seleciona de forma estratégica todos os elementos que fazem parte de um texto, para que ele se torne o mais claro, objetivo e útil possível para o leitor. Sendo assim, se preza pela forma como o usuário vai se sentir ao utilizar um site, aplicativo e outros canais.

telas de aplicativo de delivery - ux writing

Em aplicativos de delivery de comida, a informação é disposta de modo a ajudar o usuário a escolher entre muitas opções. É mostrado o tipo de cozinha, tempo de entrega, avaliações – tudo isso no pequeno espaço da tela do celular

UX Writing versus copywriting

Embora complementares, as duas atividades não são a mesma coisa. O copywriting é a técnica de produção de conteúdo com fins persuasivos, ou seja, com foco em convencer o leitor a realizar uma determinada ação. Enquanto o UX Writing, como falamos acima, é a técnica de escrita focada em melhorar a experiência do usuário em uma plataforma.

Há semelhanças entre o trabalho de copywriting e UX Writing: os dois se dedicam a tornar a comunicação mais compreensível e a fazer com que o conteúdo atraia e retenha os usuários. Na prática, as duas técnicas são interdependentes – um texto otimizado para UX Writing ajuda a atingir os objetivos de copywriting e vice-versa.

UX Writing na prática: é só escrever?

Não é bem assim. O UX Writing vai além da boa escrita, pois é preciso pensar em uma série de fatores:

  • Conceito da marca;
  • Persona a quem aquele texto se dirige;
  • Espaço disponível para escrever – que costuma ser bem limitado;
  • Palavras-chave relevantes;
  • Engajamento com o conteúdo;
  • Objetivo e clareza da mensagem;
  • Integração entre a experiência do usuário e a interface do canal.

Para fazer um bom texto considerando todos esses fatores, o UX Writer costuma fazer parte de uma equipe multidisciplinar, que inclui designers, comunicadores, profissionais de Marketing, analistas de dados, engenheiros de produto, programadores, entre outros.

Técnicas de UX writing: o que é importante

  • Focar no usuário

Dentro do contexto da marca e do canal, esse texto precisa ser útil para as pessoas que o leem, precisa transmitir uma mensagem com eficiência. Sendo assim, as palavras de ordem são: clareza e objetividade. Em UX Writing, ainda que alguns termos e estruturas de frase mais complexas sejam muito interessantes, é necessário entender se fazem sentido na experiência do usuário.

  • Construir um padrão que guie os textos

Uma comunicação consistente favorece o relacionamento com o público. Portanto, é fundamental estabelecer ou organizar e documentar um padrão que guie os textos. Nesse processo, é considerado o tom de voz, a persona, normas de estilo e outros elementos que geram uma percepção bem definida da marca.

  •  Conhecer profundamente o público

Quem usa esse aplicativo? Quem visita esse site? Qual é o feedback que se recebe? Entender o comportamento do usuário e sua jornada no canal é extremamente importante para aprimorar o UX Writing. Para isso, existe o monitoramento e análise de dados como aliados dessa atividade.

  • Evoluir sempre

Comportamentos mudam, tendências surgem e o UX Writing precisa acompanhar as mudanças, atualizando o que for necessário para melhorar a experiência do usuário.

Esse texto foi produzido por Débora Fiorini e revisado em 25.6.20 por Mila de Oliveira.

Leia também: